sábado, 19 de julho de 2014

Brasileiro

Nunca disse que eu era brasileiro.
O fato de eu ter nascido no brasil não me torna brasileiro.
Me torna apenas um prisioneiro, intrigado pela impossibilidade de sair e ir para sua casa, de se identificar e de se reconhecer no meio de uma nação ou pátria.
Nunca disse que amava esse país.
De fato, não o amo.
Não me reconheço como integrante daqui.
Não me sinto amado, honrado, respeitado, pacificado.
Muito pelo contrário.

Por isso, caros colegas que aqui vivem e aqui gostam de viver,
Jamais me chamem de brasileiro.
Porque aqui não pertenço e nunca pertencerei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário