domingo, 16 de novembro de 2014

Quero escrever não

Quero escrever
Não quero seguir regras
Que me dizem como pensar
Da forma como os outros pensam
Quero dizer pro mundo tudo o que está na minha mente
Na forma e na ordem que me vêm os pensamentos.

Não quero um manual
De como minhas sinapses devem ser feitas
Numa linha do tempo ou noutro impulso do espaço
Cinza, igual e indiferente.

Quero ficar aqui.
Apenas aqui.
Deixando o ciclo de tudo terminar da forma como tudo quiser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário