quarta-feira, 20 de abril de 2016

A luta para não ir para a cama é pesada

A luta por não passar o resto das horas na cama é pesada.

O medo do não é constante e intenso.

A inveja (será?) continua empurrando minha mente para o negro. Longe de tudo que poderia ser bonito.

Poderia ser a gente...
...se existisse "a gente".

Ou não poderia. Porque não é.

Não dá pra passar daqui. Se a vida tal como a conhecemos se define a partir dessa luta diária a que todos nós somos obrigados a enfrentar, prefiro então me jogar para subconsciente, entregar-me para o breu, dormir.

Dormir não é viver, mas me protege de sofrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário